Como conseguir gastar menos nas férias

Olá olá!! Infelizmente as férias terminaram e estou já….dolorosamente….a voltar às rotinas do dia a dia…é…tem de ser!

Estas férias foram muito revigorantes e tive tempo e cabeça para tudo. Até para ideias de posts e para o canto da costura :)

Ora um do temas em que meditei foi o quanto sou privilegiada por conseguir fazer 2 semanas de praia. Então pus-me a meditar que dicas poderiam ajudar outras famílias a conseguir o mesmo (ou a aumentar o número de dias fora).

Mar Lagos férias acalmar abrandar

E assim nasceu este post.

Vamos tentar aumentar o número de dias de férias fora de casa sem dar cabo do orçamento?

Dica 1 – apartamento em vez de hotel

Alugar um apartamento é muito mais rentável que um hotel – é mais barato por pessoa e permite a dica nº 3. Escolher o apartamento mais pequeno onde cabem também ajuda…afinal nas férias só serve para dormir, refeições e tomar banho ;)

Dica 2 – dividir as férias com amigos ou família

Mais uma vez permite reduzir o custo por pessoa, dividir tarefas ;) e quem sabe até deixar os avós com os meninos enquanto vão namorar um bocadinho ;)

Dica 3 – comer em casa em vez de comer no restaurante

Ui que trabalheira pensam vocês…é verdade, isto é uma opção que me permite alcançar dois fins – poupar dinheiro e comer de forma saudável.

Mas também comemos fora de vez em quando, normalmente na noite em que chegamos e na última.

Para simplificar as refeições, estas são sempre um grelhado acompanhado de salada. Simples e rápido.

Dica 4 – levar lanche para a praia

Mais uma vez fica infinitamente mais barato e muito mais saudável pois podem levar fruta, ovo cozido, sandes, etc. E não esquecer a água!

Naturalmente que uma bolinha de Berlim ou um gelado fazem parte de vez em quando! :D

Dica 5 – comprar a quantidade certa para cada refeição e fazer compras frequentemente

Tal como em casa, nunca faço compras em quantidade. Primeiro porque consumo essencialmente frescos, depois porque não acredito na vantagem de comprar em quantidade e finalmente porque não tenho espaço para tal.

Como isto se aplica ainda mais nas férias, a rotina é comprar refeições a cada 2 dias, sendo que o pão é comprado todos os dias. Naturalmente que se isto implicar deslocações de carro muito grande deve ser ajustado ou vão gastar o que conseguem poupar no combustível.

Comprar a quantidade certa permite não ter restos e como tal gestão do frigorifica fica mais simples.

-----

Agora podem perguntar então e o subsidio de férias!?

Bom, é uma questão pertinente e estas dicas são, naturalmente, baseadas na minha forma de olhar para a vida e para o dinheiro:

a) hotel para mim é apenas para uma estadia de fim de semana…para além disso não gosto do conceito

b) os meus subsídios de férias e Natal são totalmente canalizados para poupança. Nem toda a gente pode fazer isso, podem dizer! É verdade, mas podem usar as dicas para o rentabilizar, permitindo as férias e a poupança ou até uma reparação lá em casa

Mais uma vez, estas são dicas de acordo com o meu estilo vida e não são de todo uma crítica. Pretendo apenas dar ideias de coisas simples que muitas vezes não pensamos e que têm um impacto muito grande no orçamento sem nunca colocar em causa o prazer que se tira das férias!

E vocês também têm dicas para poupar?

4 comentários:

  1. Ana dicas bem preciosas!
    Fiz férias no Algarve durante 15 anos...numa casinha em condomínio fechado com família ou amigos e foram as férias mais incríveis da minha vida!
    Hoje...mais velha alinho no conceito de menos dias...em hotel...no silêncio e tendo a tranquilidade como companhia!
    Por isso entendo bem a sua opinião e recomendo!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  2. Olá Ana :)
    São sim senhora boas dicas :)
    Como sabes temos casa em P.Santo e claro que poupamos imenso .
    Há que saber fazer ginástica e tu sabes fazer muito bem
    Continuação de umas boas férias
    bjs grandes
    Lulu

    ResponderEliminar
  3. Adorei as dicas, não ficou nada de fora.
    Mas como sabes estou em Portimão então faço férias cá mesmo Praia da Rocha o melhor que temos.
    Beijinho grande e bom regresso ao trabalho.

    ResponderEliminar
  4. excelentes as tuas dicas, Ana. Gosto e pratico as sugestões 1 e 3. Hotel, só se viajarmos os dois e por poucos dias. Apartamento tem sido a escolha quando estamos com os filhos: mais descontraído, estamos todos juntos e algumas refeições são feitas em casa. Agora mesmo no Porto fizemos isso, um alojamento local em plena Praça D João I, confortável e perto de tudo! só não comemos em casa porque saíamos de manhã e voltávamos ao final do dia. Mas em férias de praia, dá para ir a casa a meio do dia, comer uma salada leve, descansar e voltar. bjs e boa semana!
    PS: ainda fui à Rua do Rosário, como sugeriste, mas a loja dos tecidos já estava fechada. Não tive muita pena porque eu queria mesmo era as chitas da Alcobaça! As lojas alternativas por ali são muito interessantes! bj

    ResponderEliminar

Deixem os vossos comentários, são sempre bem vindos! :)
Feel free to leave a comment, it will be appreciated :)