Abrandar


A nortada cortante e a descida das temperaturas deram-me a oportunidade de praias desertas, onde posso parar, meditar e agradecer.


Tento a todo o custo guardar o cheiro, o vento frio na cara e a paz na minha memória. Para quando tiver de regressar ao mundo real.

4 comentários:

  1. Como eu me encaixo tão bem nas tuas palavras:)
    Beijinho enorme minha Querida ♥

    ResponderEliminar
  2. Tal e qual, Aninha, mas bem protegida do frio... adoro estas paisagens!
    Beijinho grande e um bom regresso ao mundo dos deveres!

    ResponderEliminar
  3. Neste momento sinto uma pontinha de inveja, é que por aqui o calor continua abrasador e praias, ainda cheias de gente :(

    ResponderEliminar

Deixem os vossos comentários, são sempre bem vindos! :)
Feel free to leave a comment, it will be appreciated :)